ceu_predio

Após ciclo maldito, semana pede controle diante das mudanças; veja dia a dia

Por Eunice Ferrari

Esta é a última semana da difícil lunação que vivemos desde 23 de junho e, dia após dia, conseguiremos retomar o controle sobre nossas emoções e vidas e nos prepararmos para o próximo ciclo lunar, que começa no domingo, dia 23 deste mês. Para isso, precisamos nos manter conscientes de tudo o que se passa nos céus do planeta.
Este ciclo, que começa seu movimento de finalização, pode ter deixado dores intensas pelas perdas e mudanças que trouxe. A lei da transitoriedade é a mais importante que rege a vida neste planeta. Ela fez-se presente de maneira intensa nas últimas semanas, nos fazendo lembrar que tudo nesta vida passa, as coisas ruins, mas também as boas, e precisamos, se quisermos caminhar junto com a vida, entender que essa é uma lei irrevogável.
A mudança faz parte de nosso caminho e devemos reverenciá-la. Todo fim tem em si um recomeço e esse é o principal ponto que rege os ciclos lunares, que são curtos, duram em média 29 dias, mas trazem em si o gérmen de samsara, o movimento contínuo, o fluxo incessante da vida, com começo, meio e fim, seguido de recomeço, meio e fim e assim nunca cessa.
O último domingo ainda foi tenso, não vamos esquecer que estamos vivendo a finalização do ciclo, mas ela ainda não aconteceu definitivamente. Como tudo nesta vida, ela é um processo. A diminuição da tensão se dá dia após dia.
Veja astral da semana, dia a dia:
Na segunda, terça e quarta-feira, 17, 18 e 19 de julho, a Lua caminha através de Touro e Gêmeos, mas ainda sentiremos a tensão da finalização do ciclo. Vamos lembrar que ele ainda não terminou. Urano ainda exerce forte pressão sobre o Sol e Marte, que estão unidos nos últimos graus de Câncer. Portanto, os dias ainda pedem cuidados.
No dia 20, quinta-feira, Marte deixa o signo de Câncer e começa a caminhar através de Leão, e as densas energias se amenizam, mas ainda não totalmente. O astral melhora, especialmente para cancerianos, capricornianos, arianos e librianos, que sentirão um certo alívio da pressão.
O dia 21, sexta-feira, segue ainda com o Sol em Câncer e a tensão é leve, mas ainda existe. Portanto, manter a calma diante dos desafios é nosso maior lema. No dia 22, sábado, Sol e Marte caminha juntos em Leão e a tensão é mínima. Mas como Marte estará unido ao Sol e a próxima lunação chega unida a ele, os cuidados ainda devem ser mantidos.
No dia 23, a Lua começa um novo ciclo e, definitivamente, toda a tensão fica para trás. Sol, Lua e Marte, unidos nos primeiros graus de Leão, trazem um novo alento e uma nova vibração no astral. Podemos todos respirar mais profundamente e fazer um balanço mais racional de tudo o que se passou nas últimas quatro semanas.
Nessa lunação, Urano ainda estará exercendo pressão sobre Marte, Sol e Lua, mas como já estará em Leão, um signo compatível com Áries, onde se encontra Urano, ambos de fogo, podemos esperar pelo início de um novo ciclo que traz em si um movimento dinâmico, aceleração de energias mais benéficas e entusiasmo.
Pronto! Tudo passou. Deixou marcas e dores ainda presentes, mas um novo ciclo começou e é  para ele que devemos direcionar nossas vidas daqui em diante. O que ficou para trás deve ser deixado no passado.